Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desenhos Animados - Anos 90

Blog sobre todos os desenhos animados dos anos 90 e alguns que eu gostei a partir do ano 2000.

Max, o Historiador

Max.jpg

"Max, o Historiador" foi uma série infantil transmitida pela RTP1 de 19/04/1991 a 13/09/1991 e teve 104 episódios, foi exibida no espaço no Brinca Brincando.

 

Sinopse:

max01.jpg

Tendo como pano de fundo um museu, o rato Max dá-nos a conhecer importantes factos e personalidades históricas.

Com 2000 anos de idade, Max vivenciou de perto esses acontecimentos, e afirma ter participado ativamente em todos eles.

Max aparece, habitualmente, no início e no fim de cada episódio. O “miolo” é preenchido com 3 minutos de um filme educativo ou de imagens/desenhos estáticos.

 

Versão portuguesa:

Tradução e legendagem:
Helena Gaspar

Locução:
Maria Margarida

Produtor:
Paulo Silva

A Árvore de Natal

LUX DE 28-11-2016.jpg

A Árvore de Natal, foi um especial de animação exibido no dia de Natal, em 1990, na RTP 2.

A Árvore de Natal teve diversos elementos de origem brasileira na sua equipa. Esta foi liderada por Flamarion Ferreira, que estivera ligado a produções de sucesso como Os Estrumpfes, He-Man e os Donos do Universo ou She-Ra, a Princesa do Poder.

Em Portugal, o especial ficou valorizado pela excelente dobragem da RTP, com destaque para a voz de Mavilda, feita por Rosa Quiroga.

Apesar de ter caído na obscuridade, A Árvore de Natal foi lançado em DVD, nos Estados Unidos.

 

Sinopse:

arvorenatal03.jpg

A ação decorre numa pequena cidade situada próximo ao Pólo Norte. No orfanato da terrível Mavilda, vive um grupo de crianças que cresceu sem saber o que eram brinquedos, presentes e até mesmo o Natal.

Sem a presença de um adulto que lhes desse carinho e atenção, as crianças criaram um amigo imaginário, a Senhora Esperança, que personificaram num enorme pinheiro situado no jardim do orfanato.

Mavilda obriga as crianças a fazer trabalhos pesados e não lhes dá sequer roupas novas, mas faz o Presidente da Câmara acreditar que as trata muito bem, embora use os donativos que dele recebe para fins ilícitos.

Entretanto, por recomendação do Presidente, Mavilda é obrigada a receber Júlia e os seus dois filhos, Pedro e Lili. Júlia passa a fazer todos os trabalhos do orfanato mas, acima de tudo, torna-se a mãe que as crianças nunca tiveram.

Junto à Senhora Esperança, Júlia constrói um escorrega que faz a alegria das crianças. Percebendo a importância que Júlia ganhou dentro do orfanato e, sobretudo, junto do Presidente, Mavilda arma um plano maquiavélico para livrar-se dela, e ao mesmo tempo destruir a Senhora Esperança…

arvorenatal02.jpg

Episódio:

Ficha Técnica:

Título original:
The Christmas Tree

Exibição:
25/12/1990 (RTP 2)

Autoria:
Nels Christianson

Música:
Scott Broberg

Produção:
Flamarion Ferreira
Renato Almeida

Realização:
Flamarion Ferreira

 

Versão portuguesa:

Tradução:
Luísa Rodrigues

Som:
Sérgio Figueiredo

Vozes:
Clara Nogueira – Helena
João Cardoso – Rui / Fausto
Jorge Mota – Pai Natal
Margarida Machado – Pedro
Maria João Vicente
Paula Seabra – Lili
Rosa Quiroga – Mavilda
Rui Oliveira – Presidente
Zélia Santos – Júlia

Direção (interpretação):
Jorge Mota

As Aventuras de Pedro Bombordo

11720.jpg

Pedro Bombordo é o guardião de um farol, no qual também habitam os faroleiros Roque e Malaquias e o cão Piroga. A vida no farol é sempre bastante agitada, não havendo lugar para a monotonia.

bombordo01.jpg

O farol situa-se num rochedo em frente à Aldeia dos Sete Mares, aonde Pedro Bombordo se desloca para obter as provisões necessárias ao bom funcionamento do farol.

A Aldeia dos Sete Mares é tão pequena que o único estabelecimento comercial existente é a loja do Zé Calhau. Para além de merceeiro, Zé Calhau é também leiteiro, presidente da câmara, carteiro, polícia, fiscal... Enfim, são dele todos os ofícios da aldeia, e para cada um deles usa um chapéu diferente.

Habitam ainda a aldeia, entre outros: o camponês Finisterra, o pescador Quim Amarra, a anciã D. Rosa e a Avó Bia, cuja especialidade são uns deliciosos bolinhos de aveia.

As vozes da versão original eram feitas por um único ator, Norman Rossington. Em Portugal, foram três os atores a dobrar: Adriano Luz, Ermelinda Duarte e Rui Paulo.

Esta série passou na RTP1 de 02/01/1991 a 11/09/1991.

 

Episódios:

bombordo03.jpg

1A. Changeable Weather
1B.
The Tourists

2A. The Fishing Match
2B. The Seaweed Clock

3A. Busy Day
3B. The Sea Monster

4A. Bedtime for Cromarty
4B. The Birthday Surprise

5A. The Jam Session
5B. An Inspector Calls

6A. Important Messagebombordo04.jpg
6B. Buried Treasure

7A. Atmospheric Interference
7B. Dogger's Best Trick

8A. A Knot For Everything
8B. The Wind Powered Vacuum Cleaner

9A. The Good News Storm
9B. The Whistling Kettle

10A. Baking Day
10B. Bird Watching

11A. The Lost Key
11B. Sick as a Parrot

12A. Portland Bill and the Mermaid
12B. The Big Shopping List

13A. The Day the Sea Froze
13B. The Fisherman's Ball

Mágica and the Puzzle Plaza

Mag-002.jpg

Com o título original "Magica and the Puzzle Plaza", é um magazine didáctico recheado de alegria, entretenimento e aventura que combina várias criaturas estranhas, como um mágico misterioso, uma criatura curiosa, um feiticeiro complexo, uma série de puzzles e nove planetas. Esta é uma animação produzidas em duas e três dimensões e com imagem real. É o tipo de programa que capta o interesse, pelo seu divertimento, ensinando ao mesmo a exercitar o raciocínio. A feiticeira Mágica e o seu melhor amigo Gezzif, o pássaro curioso, levam-nos para uma viagem em que visitamos vários planetas. Com a ajuda de centenas de construtores de puzzles chamados What Whatz, são elaborados centenas de puzzles. Gee Whizard aparece em cada viagem para fornecer a informação necessária. Nos planetas encontramos também Ant Eye , o fotógrafo maluco e Rapid Meuze, o rato mais rápido de Puzzle Plaza. Os puzzles universais, os jogos e as perguntas mudam em cada episódio, mas o divertimento mantém-se. 

A série estreou em 1999 na RTP e voltou a repetir mais tarde na RTP2.

Dartacão e os Três Moscãoteiros

dartacaologo.jpg

 O genérico do "Dartacão" que tinha na minha antiga conta do youtube foi o video mais visto de toda conta com mais de 300 mil visitas. Quase todos os dias recebia novos comentários, isto mostra bem o sucesso que foi o "Dartacão" e continua a ser.
A série foi criada por Claudio Biern Boyd. Os 26 episódios foram produzidos em 1981 pela espanhola BRB internacional e a japonesa Nippon animation.
"Dartacão" é uma adaptação fiel do romance de Alexandre Dumas, "Os três mosqueteiros", embora tenha alguns pormenores diferentes tais como os protagonistas serem cães, ou a amada do protagonista chamar-se Julieta em vez de Constance.

Alexandre Dumas nasceu em Villers-Cotterêts a 24 de julho de 1802 e faleceu em Puys a 5 de Dezembro de 1870. Seu nome de baptismo era Dumas Davy de la Pailleterie. Nasceu na região de Aisne, próximo a Paris. Era neto do marquês Antoine-Alexandre Davy de la Pailleterie e de uma escrava (ou liberta, não se sabe ao certo) negra, Marie Césette Dumas. Seu pai foi o General Dumas, grande figura militar de sua época.
Dumas começou por escrever artigos para revistas e também peças para teatro como Henrique III e sua Corte ou Christine. Apesar de ganhar bem, tinha uma vida extravagante, ou seja, gastava mais do que ganhava. Em 1840, casou-se com uma actriz, Ida Ferrier, mas continuou a manter seus casos com outras mulheres, sendo pai de pelo menos três filhos fora do casamento. Um desses filhos, que recebeu o seu nome, seguiria seus passos na carreira de novelista e escritor de peças teatrais.
Entre as suas obras estão romances como, "O Conde do Monte Cristo", "A dama das Camélias", "A túlipa negra", e claro "Os três mosqueteiros". O romance "Os três mosqueteiros" é o primeiro de uma trilogia, o 2º é "Vinte anos depois" e por último "O Visconde de Bragelonne".

A série teve uma continuação "O Regresso de Dartacão", produzida em 1989.

Esta série estreou em Portugal em 1983 aos Sábados de manhã. Rapidamente tornou-se num sucesso sendo repetida várias vezes na RTP. Em 1995 repetiu na TVI.

 

História

darta.jpg

A história começa no ano de 1625 na Gasconha quando Dartacão parte para França para se tornar num Moscãoteiro. No caminho conhece a dama Julieta(Aia da Rainha) por quem fica apaixonado. Já em Paris conhece os famosos três moscãoteiros da guarda de sua majestade, Dogos, Mordos e Arãomis. Apesar de alguns desentendimentos rapidamente tornam-se amigos. Juntos vão combater o Primeiro Ministro o Cardeal Richelião e os seu comparsas.



Episódios:
1-A viagem de Dartacão
2-O misterioso cavaleiro do bigode preto
3-Paris, a capital da fantasia
4-Os moscãoteiros invencíveis
5-Sr. de Tréville, o capitão dos três moscãoteiros
6-Dartacão contra os três moscãoteiros
7-Luís XIII, o Justo
8-O segredo de Julieta
9-O sequestro de Julieta
10-A grande evasão
11-Milady hipnotizadora
12-Dartacão apaixonado
13-A estreia de Pom
14-À procura de Julieta
15-A grande lição de Dartacão
16-Diamantes ou lágrimas da rainha
17-Aventura em Londres
18-Depressa, antes que toque a valsa
19-A grande prova
20-Dartacão e o Falcão Azul
21-O misterioso barco pirata
22-Dartacão na selva
23-Não toques os sinos
24-O falso conde de Rocãoforte
25-O veneno de Milady
26-Parabéns, moscãoteiro Dartacão

 

Personagens:
Dartacão e o seu cavalo Rofty

dartacaoe2e4.JPG

Voz - João Lourenço


Mordos

fda.JPG

Voz-João Perry


Arãomis

aromis2.JPG

Voz - António Montez


Dogos

dogus.JPG

Voz - Manuel Cavaco


Julieta

julieta.JPG

Voz - Isabel Ribas


Pom 

pom.JPG

Voz - João Perry


Cardeal Richelião

cardeal.JPG

Voz - António Montez


Milady

milady.JPG

Voz - Maria Emília Correia

 

Produtos da Série
Caderneta de Cromos

darta (1).jpg

Single da Banda Sonora em Português

DARTACAOO.JPG

Figuras PVC

figures.jpg

Gelados

gelado.JPG

Nos anos 80 a série foi editada em vhs. Em 1999 foi editada novamente em vhs juntamente com a série "A volta ao mundo de Willy Fog" em fascículos.

dartacaofasciculo.jpg

Entretanto já começou a ser editada em dvd.
Primeiro foi editado um dvd com os primeiros 3 episódios mas a editora não deu continuidade ao lançamento da série.

dartacao_e_os_tres_moscaoteiros_vol_1.jpg

Também saiu o filme do "Dartacão" que resulta num resumo da série, e claro com uma nova dobragem. Este filme já passou algumas vezes no Canal Panda.

dartacao_o_filme.jpg

Livros para pintar

dartacaopintar.jpg

Cartas

dartacaocartas.jpg

Blocos

dartacãoblocos.jpg

Finalmente no ano passado a editora Prisvideo começou a editar a série em dvd. Já foi editada a série completa em 6 DVDs.

1.jpg2.jpg3.jpg

4.jpg5.jpg

6.jpg

7.jpg

A editora "Planeta Dagostini" também editou a série em DVD.

Delphi

tumblr_m33en4ZU6q1qbhmtm.jpg

Esta é uma série infantil espanhola do produtor Antonio D'Ocón (D´Ocon Films).

 

Sinopse:

81579.file_a.jpg

É uma série baseada nas aventuras de um grupo de peixes e animais terrestres ao redor do mundo, que decidem salvar o seu oceano, e as espécies em perigo de extinção.

A versão portuguesa contou com a participação na dobragem de Emilia Silvestre, João Paulo Costa, Jorge Alonso, Jorge Pinto, Jorge Vasques, Mário Moutinho e Raúl Constante Pereira.

A série estreou na RTP em 1995.

 

Video:

Os Vizinhos do Bosque

CC.Logo.jpg

É um desenho animado criado por antigos líderes da Hanna-Barbera, Bill Hutten, Tony Love.

 

Sinopse:

vizinhos bosque.jpgA história passa numa floresta em torno de dois animais, um jovem urso e uma raposa. A série foi criada originalmente como um especial de Natal em 1983 intitulada O Comboio da Árvore de Natal, seguida por oito especiais que foram produzidos para cada época festiva. Em 1997 foi produzida uma série animada de televisão intitulado The Critters Chucklewood, que teve duas temporadas, a primeira com 13 episódios e a segunda com 26.

Esta série estreou em 1998 na RTP e repetiu nos anos 2000.

526x297-3WZ.jpg

480_4631df342f1a5b4b221e4c5df518d135.jpg

Videos:

Ecoman

default.jpg

ECOMAN é uma arrojada, divertida e ao mesmo tempo instrutiva série de televisão, destinada a chamar a atenção dos mais novos para os problemas ambientais do nosso Planeta.
Desta forma, e de maneira a melhor captar a atenção do target a que se destina, criámos um conceito onde a mensagem a transmitir se alia perfeitamente ao puro entretenimento.
Assim, enquanto por um lado os mais simples conceitos ambientais e de preservação da natureza são transmitidos aos espectadores, através dos ensinamentos de uma professora aos seus alunos, por outro, o super-herói ECOMAN, terá em cada um dos episódios a responsabilidade de defender uma localidade imaginária a que decidimos chamar de Vale Flor, das constantes investidas do terrível Mutante, que tudo fará para a poluir e acabar com a sua harmonia ambiental.
Cada um dos 26 episódios (de 25 minutos) centrar-se-á num diferente tema ambiental, onde predominará a acção e a aventura, tendo sempre como objectivo principal transmitir a mensagem de preservação ambiental.

phpThumb.jpg

Prevendo soluções criativas e técnicas visualmente apelativas (animações 2D e 3D, filmagens em croma, efeitos especiais gerados em computador, etc...), pretende-se igualmente desenvolver argumentos para cada um dos episódios que por si só imprimam um ritmo extremamente dinâmico e atractivo para o público mais jovem. 

A série estreou em 1999 na RTP. Em 2006 a RTP voltou a fazer uma nova temporada, transmitida ao fim de semana de manhã.

Carland Cross

429786_10150737935451138_1499781742_n.jpg

As aventuras de Carland Cross é uma série infantil de televisão franco-canadense-belga em 3D e com 26 episódios de 26 minutos cada um, criada sobre a base da sátira cómica de Michel Oleffe e Oliver Grenson.

 

Sinopse:

429786_10150737935451138_1499781742_n.jpg

Londres nos anos 30, é uma cidade que está na sombra terrivel do estripador e de muitos outros grandes criminosos.

Neste contexto, se apresenta um detective privado, de tamaho médio, trabalhando junto aos oficiais de policía: Carland Cross é um detective privado britânico, que, ajudado pelo seu assistente Andy White dedica o seu tempo a resolver complexas investigações marcadas com o selo de assassinatos inexplicáveis e extranhos. O personagem enfrenta os criminosos satânicos, lugares malditos, parcelas de mistério que a menudo deixam desconcertada a própia policía, complots e seitas misteriosas, e personagens iluminados, ou monstruosos, ou míticos.

Estes casos geralmente maquiavélicos, e orquestados por o malvado e temível Murdock, o inimigo jurado de Carland Cross.

Chamado o detective do impossivel e operando à margem dos serviços oficiais da policia, Carland Cross leva avante as suas investigações com a marca do extranho e do inesperado, e o seu universo de actuação preferente é o Reino Unido dos añnos 1930.

Esta série estreou na RTP em 1999.

995269_10152179131566138_323344373_n.jpg

Video:

Conan, o Rapaz do Futuro

Conan_The_Boy_in_Future_DVD.jpg

Esta série foi criada por Hayao Miyazaki, o aclamado realizador de "A Viagem de Chihiro" em 77/78. Foi produzida no Japão pela Nippon Animation num total de 26 episódios. A história é adaptada do livro de Alexandre Key "The incredible tide".

História
A história começa em Julho de 2008 com a terceira Guerra Mundial. A Humanidade foi enfrentada com a ameaça de extinção. Uma arma ultra-magnética destruiu metade do Mundo num só instante. A crosta terrestre foi agitada por movimentos maciços, a Terra foi desviada do seu eixo, e os cinco continentes foram completamente divididos e afundados nas profundezas do mar.
Um número de pessoas tentou fugir sem sucesso para o espaço. As suas naves foram forçadas a regressar à terra, e desapareceram com as esperanças arrasadas. Mas uma conseguiu escapar à destruição, e despenhou-se numa pequena e escassa ilha que sobreviveu miraculosamente à devastação.
20 anos depois, só Conan e o seu avó adoptivo estão vivos. Conan nasceu e cresceu na ilha. Ele foi uma nova vida no deserto, um raio de luz na escuridão!

A série passou a primeira vez em Portugal em 1983 na versão original com legendas em português. Em 1999 a série passou na SIC dobrada em português. A dobragem foi feita nos estúdios Graficine.

 

Personagens

Conan

chara-conan00.gif

Voz-Tiago Caetano

 

Jimsy

chara-jimcy.jpg

Voz-Pedro Borges

 

Lana

chara-lana.gif

Voz-Regina Paula

 

Avô do Conan

chara-ojii.jpg

Voz-Fernando Pereira

 

Caderneta de cromos editada em 1983

conann.jpg

 A editora Newage editou a série em dvd com 2 audios, o original em Japonês e o dobrado em português. A série foi editada em 2 packs de 3 dvds cada e também os 6 dvds em separado.

_Caixa1Conan_dvdgd.jpg_Caixa2Conan_dvdgd.jpg