Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog sobre todos os desenhos animados, séries juvenis e programas infantis dos anos 90 e alguns a partir do ano 2000.

ATENÇÃO

Procuro episódios ou genéricos de desenhos animados gravados da tv ou não e Programas infantis/juvenis. Inclusive os que estão no blog.

Entre em contacto comigo por este e-mail:

desenhosanimados1990@sapo.pt

Wake, Rattle & Roll

250px-Wake,_Rattle,_and_Roll.jpg

Wake, Rattle, and Roll é uma série de televisão animada/ live-action americana produzida pela Hanna-Barbera Productions e Four Point Entertainment, que estreou no outono de 1990.

Esta série de 50 episódios passou em Portugal na RTP entre 1993 e 1994.

 

História:

naU5Ilic_MPU-bWacgyuRH6ACR9ykTJT_DANoNXIR3Y.jpg

A série era sobre um garoto chamado Sam Baxter (interpretado por RJ Williams) e o seu robôt DECKS e as suas aventuras na cave, que tem uma máquina do tempo que pode trazer de volta figuras históricas. Em alguns casos, Sam e DECKS ocasionalmente têm lutas remotas nas quais cada um tem um controle remoto e começa a apertar botões que mudam de estrelas de Hanna-Barbera para estrelas de cinema famosas.

 

Genérico e Encerramento:

Excerto:

A Ponte do Brooklyn

brooklyn.jpg

A Ponte de Brooklyn é um a sitcom americana de televisão. Trata-se de uma família americana de judeus que vive em Brooklyn por volta de 1950. A premissa foi parcialmente baseada na infância do produtor executivo e criador Gary David Goldberg.

A série passou originalmente na CBS de 1991 a 1993.

Em Portugal, estreou na RTP1 em 1997 e passava aos sábados de manhã.

 

História:

Em 1956, a vida de Alan Silver, de 14 anos, gira em torno da família, da sinagoga e dos Dodgers. Os avós Jules e Sophie vivem na mesma casa que Alan, o seu irmão Nate e os seus pais Phyllis e George.

Brooklyn_Bridge_TV_Series-724934768-large.jpg

 

Elenco:

  • Marion Ross como Sophie Berger 
  • Danny Gerard como Alan Silver 
  • Louis Zorich como Jules Berger 
  • Amy Aquino como Phyllis Berger Silver 
  • Peter Friedman como George Silver
  • Matthew Louis Siegel como Nathaniel Silver

Os Melhores Anos

os-melhores-anos-1990-00.jpg

"Os Melhores Anos" é uma série de televisão portuguesa que conta a história que retrata o dia-a-dia de alunos e professores e das relações que entre eles se estabelecem numa escola.

"Os Melhores Anos" teve duas temporadas, cada uma com treze episódios: a primeira foi exibida em 1990 sob direcção de Jorge Paixão da Costa e a segunda em 1993, dirigida por José Carlos de Oliveira. A série repetiu na RTP2 em 2001.

 

Sinopse:

Uma série que transmite os problemas essenciais de uma geração, mas também os seus valores de amizade, camaradagem e espírito de equipa.
Os alunos Margarida, André, Tiago, Miguel, Célia, Isabel, Tadeu, Paulo e Chico são algumas das personagens centrais à volta das quais gira a linha narrativa e se cria a atmosfera especial da série.
As características, o meio social, os problemas escolares, de cada personagem, enfim, os problemas inerentes à juventude são retratados nesta série juvenil.

os-melhores-anos-1990-06.jpg

Genérico e início do primeiro episódio:

 

Elenco:

  • Sofia Solange – Isabel
  • Peter Michael – Tadeu
  • Ricardo Costa – Zeca
  • Carla Cristina – Joana
  • Maria Leonor Francisco – Célia
  • Filipe Malta – Tony
  • Vítor Emanuel – Miguel
  • Nuno Miguel Magalhães – Paulo
  • Filipe Santos Dias – André
  • Bruno José Barroso – Chico
  • Alexandra Lencastre – Margarida
  • José Gomes – Josué
  • Lídia Franco – Dalila
  • Laura Soveral – Berta
  • Maria José Camecelha – Idalina
  • Rogério Claro – Sr. Francisco
  • Rogério Samora – Tiago
  • Vítor Norte – Cruz

Chiquititas

Chiquititas_Brasil_(1997-2000)_-_logo.png

Chiquititas é uma telenovela brasileira produzida pelo canal argentino Telefé em parceria com o SBT, escrita pela autora argentina Cris Morena com a ajuda dos autores Delia Maunas, Horacio Marshall e Ricardo Morteo. Foi uma adaptação da original Argentina, tendo cinco temporadas no Brasil.

Em Portugal esta telenovela foi primeiro transmitida pela RTP1 em 1998 e na TVI em 2001.

Em 2007 a SIC fez uma versão portuguesa da novela, protagonizada por Marta Fernandes e Nuno Pardal.

 

História:

Baseada na versão original de mesmo nome criada e produzida por Cris Morena, a novela narra a história de um grupo de órfãos que vivem em um orfanato chamado como Raio de Luz, cujas vidas são tocadas e alteradas por Carol. Suas experiências, tais como descobrir o primeiro amor, decepções, solidão e amizade, bem como aventuras de fantasia, são retratadas ao longo da trama. A narrativa é reforçada por temas musicais e videoclipes.

 

Na RTP1:

Na RTP1 a novela foi transmitida nas tardes do canal entre 1998 e 1999.

Na TVI:

Na TVI a novela estreou em Janeiro de 2001 e foi emitida até ao inicio de 2002. Passou primeiro nas tardes e depois passou para as manhãs de fim de semana.

3485.jpg

Na SIC:

A SIC fez a adaptação portuguesa da telenovela produzida pela Telefe da novela Chiquititas, mais precisamente da sua oitava temporada, originalmente produzida em 2006. A novela é passada num orfanato, onde uma mulher muito pouco convencional ensina as crianças a viver e a sonhar através da música, e procura o filho desaparecido.

A novela passou na SIC entre 20 de Julho de 2007 e 5 de setembro de 2008.

MV5BYTMzYjE3NWYtMWQyNC00NDY1LWJjZjMtZGFlNjg1NTllNW

Princesa Sherazade

Princesse_Shéhérazade_-_title_card_(French).png

A Princesa Sherazade é uma série de desenhos animados francesa criada por Marie-France Brière e produzida em 1996. A série é baseada no conto árabe "As Mil e uma Noites" tendo como protagonista a personagem Sherazade.

Em Portugal, foi exibida inicialmente na RTP1 e na RTP2 no inicio dos anos 2000, e mais tarde no Canal Panda e na SIC K e também passou na SIC Internacional, com a mesma dobragem.

 

História:

unnamed.jpg

Inspirada no famoso conto das Mil e Uma Noites,  Sheherazade tem as características que a tornam uma legítima herdeira da linhagem de Princesas com uma beleza combinada com uma inteligência e bravura verdadeiramente inspiradoras. Esta é uma nova e refrescante interpretação de um conto de fadas.

Não raras vezes nos cruzamos nestas narrativas com  “génios” aprisionados nas suas lâmpadas que anseiam pela liberdade, a fim de cumprirem todos os desejos daqueles  que os soltam. Sherazade irá ser a responsável pela libertação de precisamente dois génios que por ironia das ironias estarão bem mais interessados em cumprirem os seus próprios desejos, arrastando Sherazade para situações inacreditáveis, o que vale é a  sua boa vontade (e paciência)!

Till usa as suas capacidades mágicas para o que não deve enquanto que Glu apesar de leal também dá umas quantas falhas pois ainda está em processo de “afinação” das suas habilidades.  Apesar da sua elevada “irresponsabilidade” estarão sempre na linha da frente para defenderem a sua Princesa de todas as ameaças. Mas não deixarão por isso de ser dois génios com um “génio” que não é propriamente parecido com aqueles  surgem nos livros (o que até lhes dá um certo charme!)

 

Dobragem Portuguesa:

  • Sherazade - Sandra de Castro
  • Till - Guilherme Campelo
  • Mário Bomba
  • Bruno Ferreira
  • Gustavo Teixeira
  • Ana Calheiros

Direção de Dobragem: Emanuel Lima

 

Video: